Moeda da Pundi X é listada pela Bomesp

A Bomesp já negocia a NPXS, criptomoeda que alcançou US$35 milhões em apenas 90 minutos de ICO (do inglês, Oferta Inicial de Moedas) e figura entre as cem mais importantes no CoinMarketCap.

O ativo digital foi desenvolvido pela Pundi X, startup indonésia que desembarcou no Brasil trazendo, também, uma maquineta de cartão conectada ao blockchain, a Pundi XPOS. Com ela, é possível utilizar cryptocoins criptomoedas para pagamentos e recebimentos, além de troca, compra e venda de ativos digitais.

Essa tecnologia já funciona em Points Of Sale (PoS – Pontos de Venda) instalados na Avenida Paulista, em São Paulo, e alavanca outro produto do ecossistema Pundi, o cartão de débito XPass Card. “Focamos em desenvolver soluções amigáveis e fáceis o suficiente para que qualquer pessoa, mesmo sem conhecimento técnico em tecnologia blockchain, possa adquirir seus primeiros ativos digitais em poucos segundos”, explica o Country Manager da Pundi X na América Latina, João Victor Mendes. Segundo o diretor da Bomesp, Fernando Barrueco, “a Pundi X vem ao encontro da filosofia da Bomesp, que tem como criptomoeda propulsora a Niobium Coin NBC, que também passou por ICO em 2017. A Bomesp tem como objetivo o desenvolvimento de uma economia distributiva, facilitando o acesso às pessoas ao mundo das criptomoedas.”

Barrueco entende que a facilidade à acessibilidade é o aspecto chave no estímulo à adoção das criptomoedas e o objetivo central da parceria entre a startup asiática e a Bomesp – ambas buscando soluções cada vez mais avançadas para seus clientes.

Para negociar a NPXS acesse www.bomesp.com

Idioma »